Semana de gravações, roteiros, escutas e planejamento

montagem camorim

Irla Franco, Luiz Paulo, Gabriel Muniz

Boa tarde!

Chegamos ao meio de nossa sétima semana, OuvidoChão – Cartas Quilombolas prossegue sua imersão nos territórios do Camorim, Valongo e Magé. Este é um momento de maior aprofundamento de nosso planejamento e cronograma de gravações.

Uma vez definido o recorte, a abordagem e as temáticas para a nossa obra, estamos nos concentrando nas gravações, coletas, escutas e decupagens do material sonoro, bem como na elaboração da proposta visual (as imagens serão definidas após a seleção dos sons) e no planejamento da estrutura da obra. Toda essa atividade vêm ocorrendo ao longo da semana.

Na segunda-feira (28-01-2019) fizemos nova visita ao Camorim, fomos recebidos pelo companheiro Luiz Paulo de Araújo, conhecido na comunidade como Paulinho. Morador local há 31 anos, ele trabalha com o Pé de Moleque Roteiros Culturais e Turísticos, também com geografia e com horticultura. Paulinho nos apresentou diversos aspectos históricos, geográficos de Jacarepaguá, bem como a evolução social, política e econômica da região, enfatizando as presenças negras e indígenas na constituição do Camorim e da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Neste roteiro visitamos o Parque Estadual da Pedra Branca, quando nos foi destacada as questões territoriais, presença de plantas de origem africana, manifestações da religiosidade de mesma matriz, além dos variados tipos de classes trabalhadoras entre as negras e negros no período pós-abolição da escravidão no Brasil. Após a gravação das ambiências e das falas principais, diante de uma bela cascata, aproveitamos para nos aliviar do calor carioca com um prolongado banho de rio… em janeiro…

No dia seguinte, após uma volta pela Zona Portuária, nos reunimos num café para montar o roteiro, o plano de produção e o cronograma das gravações, além da agenda de escutas, decupagens, planejamento da obra e organização do nosso PapoSonica que acontecerá na próxima quinta-feira, dia 07 de fevereiro. E hoje, logo após esta postagem faremos  um almoço na Tijuca e nos reuniremos para organizar a apresentação da semana que vem, além de continuar o processo de escutas e decupagens, seguida de sugestões para elaboração gráfica / visual.

Nos próximos dias teremos mais reuniões focadas nos trabalhos de escuta, decupagens; pesquisa e desenvolvimento da estutura da obra, além da gravação agendada para o sábado em Magé e no Valongo, quando iremos captar algumas ambiências em quadrifonia, falas e efeitos em modo de captação binaural. Em breve teremos mais novas!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s